... aguarde som e imagens ...

 

Soneto de um Internauta

Silvia Schmidt

 
Neste recinto, onde eu e a Luz
Somos parceiros de silêncio atroz
Esta calada noite nos induz
À busca intensa de uma intensa voz.

Por entre sons os mais artificiais
Cruzamos juntos esta escuridão,
Temos os dois só formas irreais
Prá um outro lado em outro coração.

Ah, quem nos dera que viesse agora
Alguém em osso e carne para amar-nos,
Para rompermos juntos nossa aurora,

Deste silêncio escuro nos livrarmos,
Deixando toda a escuridão lá fora
E os aparelhos todos desligarmos.



Silvia Schmidt
Direitos Autorais Reservados © 1998
Poema editado em Livros e CD-ROM.
Em reproduções pedimos manter o nome da Autora.
Gratos.




Esta página é dedicada àqueles que buscam o Amor via Internet.

 
 


 

Quem aposta no Amor é sempre um Vencedor