Som/imagens carregando

(Silvia Schmidt)


Bom dia, solidão, fica à vontade
Para fazer-me boa companhia,
Para abrigar-me no arrastar do dia,
Para afagar-me em horas de saudade.

Boa tarde, solidão, senta-te um pouco
Nessa cadeira que era da esperança.
Vai relaxando enquanto o sol avança
Em direção oposta à deste louco.

Boa noite, solidão, queda-te aqui.
Lembra comigo aquilo que eu vivi
Enquanto estrelas liam minha sorte.

Dorme comigo e sente o meu abraço.
Vê como é frio este lençol que amasso
Durante o ensaio da esperada morte.


Silvia Schmidt 
*Humancat*
( dir. aut. reserv. )
©2000

..


Página elaborada por Mirella Luchinytzs do site
O Site Mais Poético Deste País


~ Lembre-se do ICQ ~


Poesias de Silvia SchmidtVoltar para Romance, Amor, Sensualidade