imagem-top

Mortas Metades

S i l v i a  S c h m i d t

gif

Que falta fazes, minha mãe querida!
Sempre te amei, mas não sabia o quanto.
Tu não mostraste em vida nenhum pranto
Que revelasse como eras sofrida.

Não sou mais eu depois de tua partida,
Busco minh'alma aqui por todo canto.
Onde estará meu tão perdido encanto?
Onde encontrar agora um fio de vida?

Partiu contigo o amor que eu tanto via,
Foi-se de mim a busca da alegria,
No meu silêncio cresce a tua saudade.

Que falta fazes, linda senhorinha!
Morreu contigo uma metade minha,
E morta aqui restou a outra metade.

gif

S i l v i a  S c h m i d t
São Paulo/SP - 21/08/2009-
Direitos Autorais Protegidos
Copyright©2009










Mensagens de Silvia Schmidt

Porão da Humancat
Nossas Poesias
gif


copie com amor
Sempre que copiar, copie com Amor.
Preserve o nome do Autor.


Créditos de Imagens:

artist



Soneto dedicado à minha mãe: NADIR SCHMIDT + 13/01/2009