imagem-top

Longínqua Estrela

S i l v i a  S c h m i d t

gif

O teu lugar agora é só deserto,
E a tua ausência aqui fala tão alto,
Que a cada som eu entro em sobressalto,
Querendo tanto que estivesses perto!

Perto daquela que já não sou eu,
Perto somente do que aqui sobrou:
Este vazio e o nada que ficou
No antigo mundo, agora já não meu.

Se tu voltasses nada encontrarias
Além de sombras e obscuridade
E, com certeza, tu retornarias
Ao teu lugar, agora a eternidade.

Longínqua estrela, tu me chorarias
Ao ver-me assim, morrendo de saudade!

gif

S i l v i a  S c h m i d t
São Paulo/SP - janeiro de 2000 -
Direitos Autorais Protegidos
Copyright ©2000




Edição musical desta página : Udo Erwin Franz







Mensagens de Silvia Schmidt

Porão da Humancat


por amor
Sempre que copiar, copie com Amor.
Mantenha o nome do Autor.


Edição de página : Leila Beiler

art&design
Artwork : Clytie , by Lord Frederick Leighton


Nossas Poesias