aguarde som/imagens


F o r ç a  F r á g i l

( S í l v i a  S c h m i d t )
gif

Pouco se sabe, quão poucos conhecem
Do ser coberto de tão finos pelos!
Ele é defesa alerta em que se aquecem
De um outro ser as carnes e os cabelos.

O quanto sonha apenas nele cabe,
E o que da vida tira compartilha.
Do quanto sofre só o silêncio sabe,
Esse parceiro sempre em sua trilha.

Busca no sono, no apagar das luzes
O adeus à luta, quieto e fatigado.
Ao pé da cama as mais pesadas cruzes
Ficam à espera em vestes de soldado.

Quem é esse ser do qual tão poucos sabem,
Onde desejos loucos se consomem?
É um negro abismo que sombras invadem:
O animal macho proclamado Homem!


S í l v i a  S c h m i d t     
Extraído do Livro " Poesia, Melhor Não Ler "
Direitos Autorais Protegidos
Copyright ©2001








Mensagens de Silvia Schmidt

Nossas Poesias

Porão da Humancat
Fala o Internauta


por amor
Sempre que copiar, copie com Amor.
Preserve o nome do Autor.


A r t   &  D e s i g n
Art & Design