imagem-top

Extrema Liberdade

S i l v i a  S c h m i d t

gif

Eu, que vivi da vida as desventuras,
E que do amor traguei toda a fumaça,
Tenho a certeza de que tudo passa,
Desde a verdade às ilusões impuras.

Eu, que domei as minhas amarguras,
Eu, que afoguei as mágoas e a desgraça,
Trago no instinto o que me inspira a caça
De um'outras vidas e outras aventuras.

Eu, que não morro ainda que a vontade
De antecipar meu rumo à eternidade
Faça de mim um ícone da morte,

Tenho comigo a espiritualidade
Que me cerceia a extrema liberdade
De transmutar a minha própria sorte.

gif
S i l v i a  S c h m i d t
São Paulo/SP - Janeiro de 2007
Direitos Autorais Protegidos
©2007







 

Mensagens de Silvia Schmidt

Porão da Humancat
Nossas Poesias
gif

cópie com amor
Sempre que copiar, copie com Amor.
Preserve o nome do Autor.



Formatação de Página : Leila Beiler


art&design