Imagem-Top

"Mãe, eu não sabia"
(Quem se achar nesta mensagem deve guardá-la, pois um dia poderá precisar dela)


S í l v i a  S c h m i d t
Divider


Mãe, houve uma fase em minha vida em que eu a olhava
como alguém que poderia atrasar o ritmo dos meus passos,
impondo-me limites e disciplinas que eu ainda não sabia
entender e - menos ainda - compreender.
Naquele tempo eu estava muito "verde" para isso.

Quando você tentava se fazer ouvir, eu só conseguia
enxergá-la como um farol vermelho impedindo-me de
ir mais rapidamente pelos cruzamentos das avenidas
da vida - coisas que só hoje venho conseguindo ver.

Sabe, mãe?
Este mundo, onde tantas vezes não encontrei apoio,
não era capaz de suportar a minha imaturidade, a minha
ira ou o meu ódio contra tudo e contra todos.
Só mãe é capaz disso e, apenas por isso, eu
responsabilizava você por tudo que me contrariava.
Hoje sei que só eu era o responsável.

Quantas vezes eu me recusei a aceitar seus carinhos!
Eu me achava já "grande demais" para isso.
Só agora eu percebo o quanto perdi.

Naquele tempo eu não era capaz de notar que você
renunciava a si mesma para pôr-me em primeiro lugar.
Eu não percebia do quanto você se privava para que
nada me faltasse.   Suas lágrimas, sempre escondidas,
hoje se fazem perceber nas marcas do seu rosto.
Sei que nessas marcas há muito de mim, Mãe.

Quando eu dormia, lembro que uma Paz
imensa tomava meus sonhos e meu espírito.
Agora sinto que era você orando por mim,
à beira da minha cama, silenciosamente, para
não me acordar, para não me incomodar,
para eu não me zangar com você.


Sei que no seu coração não são guardados rancores
nem mágoas, pois você é minha Mãe, meu Anjo
Guardião em corpo presente.
É isso!
Mães são Anjos Guardiões em forma humana!

Ah, se eu pudesse fazer voltarem os ponteiros de
todos os relógios, se eu pudesse dar uma marcha
a ré para o passado, eu seria tão diferente!
O sentimento de gratidão que hoje me invade faria
com que tudo acontecesse de outra forma.


O que mais posso dar-lhe agora é a expressão de
toda a minha alegria por você ainda estar aqui e
por ter a abençoada chance de poder dizer-lhe:
Mãe, amo você mais do que a tudo neste mundo!

Não lhe peço perdão porque sei que você nem
se lembra do que teria para perdoar.
Mãe é assim e eu não sabia.


Por favor, abrace-me com a força que SÓ você tem
e de que tanto preciso para minha jornada nesta vida.

Naquele tempo eu não sabia, Mãe.


gif
S í l v i a  S c h m i d t
São Paulo/SP - maio de 2006 -
Direitos Autorais Protegidos
Copyright©2006





Edição Musical: Udo Erwin Franz



"Mães são Anjos em forma humana"




Mensagens de Silvia Schmidt

Porão da Humancat
Nossas Poesias



cópie com amor
Sempre que copiar, copie com Amor.
Preserve o nome do Autor.



art&design




FELIZ DIA DAS MÃES!