imagem

A m o r  E r r a n t e

C l e i d e  C a n t o n
gif

As flores da espera no peito guardadas
depressa secaram na ausência de ti.
Restaram perfumes nas linhas traçadas
contando a beleza do amor que vivi.

Aos ventos se foram o amor e a paixão,
perdidos no tempo, nenhuma valia.
Ainda me vejo em tão só multidão!
É luta sem tréguas, é vil profecia.

O encanto se perde na busca de espaços,
o pranto se esconde na busca de abraços,
e a vida se esvai num final infeliz.

... até que amanhece e o bom céu já não chora,
ouvindo uma prece de um ente que implora,
que pede perdão pelo amor que não quis.

gif
C l e i d e  C a n t o n
São Paulo/SP - março de 2006 -
Direitos Autorais Protegidos
Copyright ©2006










Visite o Site da Autora




Mensagens de Silvia Schmidt

Nossas Poesias

Porão da Humancat
Fala o Internauta

cópie com amor
Sempre que copiar, copie com Amor.
Preserve o nome do Autor.



Artist