aguarde som/imagens

Depois da Tempestade


J e n á r i o  d e  F á t i m a

 

Meio dia ... uma da tarde ... tempo quente ...
As nuvens se avolumam, se amontoam,
Raios riscam os céus e trovões troam,
A tempestade faz-se de repente.

Mas logo a chuva cessa ... águas correntes
Se escondem pelos ralos que as escoam,
O sol reaparece e as nuvens voam,
Deixando um arco-íris de presente.

A vida é feita assim, a natureza
Alterna-se entre risos e tristeza,
Se faz por entre bens e dissabores ...

Estou vivendo em plena tempestade,
Porém quero ganhar no fim da tarde
O encanto do meu arco de mil cores!


gif

J e n á r i o  d e  F á t i m a

Brasília / DF - fevereiro / 2005
Direitos Autorais Protegidos
Copyright ©2005


e-mail do poeta



 









Mensagens de Silvia Schmidt

Nossas Poesias

Porão da Humancat
Fala o Internauta


copie com amor
Sempre que copiar, copie com Amor.
Preserve o nome do Autor.