aguarde som/imagens

Cidadã Gaivota
Autora : Silvia Schmidt


Eu vivo a vida como urbano pombo
A perseguir a luz e o alimento,
A desgastar o bico no cimento
Desta cidade (como disto zombo!)

Algo aqui dentro ri do desalento
Que me consome a cada novo tombo,
Mostra caminhos que de longe eu sondo
Comodamente, sem expor-me ao vento.

Eu ouço o mar chamando e as gaivotas
Me desafiam a seguir suas rotas,
A montar ondas, águas, movimento ...

Atada ao medo fico na calçada,
A alma voando e eu - paralisada -
A desgastar o bico no cimento.

Silvia Schmidt
*Humancat*
No livro " Poesia, Melhor Não Ler "
- direitos autorais reservados -
©2000©




 



" Mulheres das metrópoles, asas de concreto "





Mensagens de Silvia Schmidt

Nossas Poesias

Porão da Humancat


por amor
Sempre que copiar, copie com Amor :
mantenha o nome do Autor.


Página elaborada por
Yara Daher



Fala o Internauta