top


C a n t o  d e  S a b i á

S i l v i a  S c h m i d t

gif

No silêncio desta madrugada
Ouço cantar ao longe um sabiá.
Nada ele sabe sobre a tão calada
Mulher que o ouve do lado de cá.

Ouço seu canto aonde quer que eu vá.
Ele preenche o meu imenso nada.
Quisera eu ver o galho onde ele está
Para saudá-lo na hora da alvorada.

Por outros lados ele voará,
Outros ouvidos ele alcançará.
Pouca atenção decerto ele há de ter.

Mas n'outra noite sei que voltará.
De um outro galho acompanhar-me-á
Até o vazio e eterno amanhecer.

gif

S i l v i a  S c h m i d t
São Paulo/SP - setembro de 2008 -
Direitos Autorais Protegidos
Copyright ©2008












Mensagens de Silvia Schmidt

Porão da Humancat
Nossas Poesias

por amor
Sempre que copiar, copie com Amor.
Mantenha o nome do Autor.


Créditos de Imagens:
artist

design


Formatação de página: Leila Beiler