aguarde som/imagens
Breve Silêncio
© Silvia Schmidt ©

Quando tudo num repente se calar,
Quando sem som fizer-se a voz do mundo,
Quando o mar tornar-se mais profundo
Para o silêncio nele repousar ...

Quando pássaros pousarem sem trinados,
Quando o vento soprar sem nenhum som,
Quando notas musicais perderem tom
E os poetas fizerem-se calados ...

Escutarás, assim, por um instante
O som do abismo do silêncio humano ...
Breve momento ... sono repousante ...

Corpo aquecido sob leve pano ...
E uma voz rouca (a minha), doce amante,
Em teus ouvidos a dizer " te amo " ...

Silvia Schmidt
*Humancat*
No livro "Poesia, Melhor Não Ler"
© 2000 ©
Edição Musical de Udo Erwin Franz









Nossas Poesias

Mensagens de Silvia Schmidt

Porão da Humancat
Fala o Internauta


Imagens Moon And Back Graphics